Bolsa Família Consulta Pública pelo CPF




Consultar Bolsa Família pelo CPF

O Programa Bolsa Família foi criado com o objetivo de beneficiar famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, sendo um programa de transferência direta de renda do governo federal para famílias que tenham renda per capita inferior a 70 reais mensais.

O Bolsa Família, criado a partir da junção dos diversos programas sociais de combate à pobreza, procura garantir às famílias nessa condição o direito à alimentação e o acesso à saúde e à educação, como meio de inclusão social e de desenvolvimento humano, sendo aplicado em todo o território nacional.

Em 2015, o Programa Bolsa Família teve cerca de 14 milhões de famílias inscritas, atendendo cerca de 50 milhões de pessoas. O repasse do benefício uniu o Bolsa Escola, o Cartão Alimentação, o Auxílio Gás e o Bolsa Alimentação. Os valores desses benefícios, hoje, estão incluídos no cálculo do Bolsa Família, reduzindo assim a burocracia em torno dos antigos programas de distribuição de renda.

bolsa-familia-consulta-publica-cpf

A população atendida pelo Bolsa Família é formada pelos integrantes de famílias na situação de extrema pobreza (menos de 70 reais de renda per capita mensal) e de famílias em situação de pobreza (entre 70 a 140 reais de renda per capita mensal), e que tenham em sua composição crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos, gestantes e lactantes.

Para ter o benefício do Bolsa Família é necessário que as gestantes estejam fazendo pré-natal, que as crianças abaixo de 6 anos estejam com as carteiras de vacinação em dia e que os maiores de 6 anos estejam frequentando regularmente a escola. Esta é uma forma de garantir que o benefício do Bolsa Família seja dirigido especificamente a pessoas que também estejam interessadas no próprio desenvolvimento e na segurança alimentar e de saúde de seus membros familiares.

Consulta pública do Bolsa Família

Para verificar se o recurso está disponível para saque, o beneficiário do Bolsa Família precisa olhar o último dígito de seu NIS, o Número de Identificação Social no cartão do Bolsa Família. Cada final do NIS indica a data correspondente, mês a mês, mostrando o primeiro dia para o saque do benefício. Depois disso, o valor ainda fica disponível por 30 dias no mesmo cartão.

Todos os meses, ao tirar o extrato de saque, o beneficiário tem a data de saque do próximo mês. Se não tiver esse extrato, o beneficiário poderá recorrer ao aplicativo do Bolsa Família, que pode ser baixado em aparelhos celulares com acesso à internet, ou acessar a página do Bolsa Família na internet, consultando através do número do NIS ou através do CPF do beneficiário.

consulta-publica-bolsa-familia

Na internet, o sistema disponibilizado só funciona através do navegador Internet Explorer. Para acessá-lo, basta digitar o endereço www.beneficiossociais.gov.br, onde deverá colocar o número do NIS e a senha cadastrada, podendo consultar por nome, Estado, Município ou Família.

A segunda opção para fazer a consulta do saldo do Bolsa Família é pelo site da Caixa Econômica Federal, no endereço www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp. Nesse endereço é preciso colocar o número do NIS (o mesmo número do cartão do Bolsa Família) e ter a senha para obter o resultado.

Outra forma de fazer a consulta online do Bolsa Família é pelo nome ou pelo CPF do beneficiário. No endereço que indicamos você poderá fazer esse tipo de consulta, caso não tenha em mãos o cartão do Bolsa Família: www.portaltransparencia.gov.br.

Nas três opções apresentadas você poderá acessar as informações sobre o benefício de sua família, bastando preencher corretamente todos os dados solicitados. Outras dúvidas sobre o Bolsa Família podem ser resolvidas junto à Prefeitura do Município em que você reside, procurando o gestor do programa de sua cidade.

Mais sobre o Bolsa Família


Deixe um Comentário