Bolsa Família Desbloqueio




Como Desbloquear o Bolsa Família

O Programa Bolsa Família do governo federal foi implantado a partir da unificação dos programas Fome Zero, Bolsa Escola, Auxílio Gás e Cartão Alimentação, criados no governo de Fernando Henrique Cardoso e unificados no primeiro governo Lula, visando otimizar o atendimento das famílias carentes. Se está com o Bolsa Família Bloqueado, veja a seguir os procedimentos que você deve tomar para regularizar a situação.

bolsa-familia-desbloqueio

O Bolsa Família, portanto, trabalha com diferentes meios de beneficiar os mais carentes, dependendo das necessidades e da renda de cada família. Assim, pessoas que vivem em situação de pobreza extrema, recebem o auxílio básico de R$ 77,00 por mês, independente da formação familiar. No total, a assistência financeira para os carentes pode chegar a R$ 336,00 por mês. Esses valores podem ser atualizados anualmente.

No entanto, muitas famílias têm o benefício bloqueado, quando de seu recebimento, sem entender exatamente o porquê desse bloqueio e, para solucionar o problema, é preciso desbloquear o cartão e o pagamento do benefício. Muita vezes, o bloqueio acontece sem qualquer prévio aviso, seja para verificação de dados cadastrados ou para averiguação de alguma irregularidade.

A Caixa Econômica Federal, que administra a concessão e distribuição do Bolsa Família, pode bloquear o pagamento para analisar se todos os dados estão corretos, podendo suspender o benefício se houver alguma irregularidade nos dados ou se houver alguma mudança na renda familiar.

Durante o processo de verificação, o Bolsa Família ficará bloqueado, necessitando que os interessados busquem as formas corretas para o desbloqueio do benefício.

Existe também o bloqueio inicial do cartão do Bolsa Família. A Caixa Econômica, quando uma família se torna beneficiária, envia o cartão através dos Correios e, ao chegar às mãos do beneficiário, ele está ainda bloqueado.

Em qualquer caso de bloqueio do cartão do Bolsa Família e do pagamento de benefícios, o responsável pelo cadastro no programa deve ligar para o número 0800 726 0207, a Central de Atendimentos da Caixa Econômica, tendo em mãos, além do cartão do Bolsa Família, um documento pessoal, podendo ser o CPF, a Carteira de Identidade, ou o número do NIS e do PIS, que consta também no cartão.

Depois dessa ligação e da liberação através da conferência dos dados, o beneficiário deverá ir até uma agência da Caixa Econômica Federal para adquirir sua senha, desbloqueando o cartão e o recebimento do benefício.

desbloqueio-bolsa-familia

Caso o beneficiário não tenha condições de fazer a ligação por algum motivo, deverá entrar em contato com o Setor Responsável pelo Programa Bolsa Família na prefeitura do seu município.

Se houver alguma irregularidade nas informações prestadas à central do Programa Bolsa Família ou tenha havido um descumprimento de alguma regra que levou ao bloqueio do benefício, a família deve apresentar um recurso ao gestor do município, explicando as razões ou identificando o erro e pedindo sua regularização.

Precisando também de qualquer informação sobre o Bolsa Família, o beneficiário poderá obtê-las junto ao setor responsável da prefeitura do seu município, verificando a situação do cadastro e, na dúvida, conferindo todos os dados, evitando assim que o benefício possa ser bloqueado no futuro, sem qualquer notificação.

É preciso lembrar que, mesmo que o benefício tenha sido bloqueado, quando for regularizado o beneficiário poderá receber até 3 parcelas do total que foi bloqueado.

Mais sobre o Bolsa Família


Deixe um Comentário