Cadastro Único Inscrição – Como se cadastrar




Cadastro Único Bolsa Família

Sabe o que é o
Cadastro Único? Este é um banco de dados criados pelo governo federal que é usado para saber mais e melhor como vivem as famílias brasileiras mais pobres. Por meio deste cadastro que o governo consegue entender quais são as principais dificuldades que estas famílias enfrentam, veja como se cadastrar no cadastro único.
cadastro-unico

Por meio deste cadastro único o governo pode tomar decisões como melhorar a vida desta população e ajudar a melhorar suas vidas. Neste cadastro é possível ter acesso a renda, tipo de moradia, escolaridade, idade, entre outros dados desta população.  No caso das famílias já cadastradas, estas precisam refazer seu cadastro a cada dois anos.

O cadastramento no Cadastro Único é feito pela gestão do Cadastro Único designado pelo Gestor Municipal e quem quer se cadastrar precisa procurar este órgão em sua cidade na prefeitura. O cadastro é feito pelo representante ou responsável pela Unidade familiar e este deve prestar todas as informações sobre a família. Este responsável pode ser qualquer membro que seja maior de 16 anos que tenha título de eleitor e CPF e recomenda-se que esta posição seja ocupada preferencialmente por uma mulher.

Este cadastro pode ainda ser feito por uma família indígena, e no caso do representante indígena que não tem documentação necessária pode ser cadastrado com outros documentos como o do bloco 5 do formulário de cadastramento no caso um exemplo é o RANI para os indígenas.

O responsável pela família ficará encarregado do recebimento do benefício e o cumprimento das condicionalidades deste benefício para toda a família.

Existem fases do processo de cadastramento que incluem: identificação do público a ser cadastrado, coleta de dados (entrevista), inclusão de dados no sistema de cadastramento; atualização o revalidação de dados cadastrais.

Os critérios que incluem as famílias são: renda mensal familiar per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo; renda familiar per capita de até três salários mínimos. Já as famílias com renda per capita superior a três salários mínimos podem ser incluídas no cadastro desde que sua inclusão esteja vinculada à seleção, acompanhamento de programas sociais, no caso, os programas de habitação de saneamento que utilizem o registro único. Para receber o Bolsa Família também é necessário o cadastro.

Uma curiosidade sobre o CadÚnico é que este cadastramento deve ser feito pelos idosos maiores de 60 anos ou mais com renda individual mensal igual ou superior a 2 salários mínimos sem meios de comprovação da renda para que seja emitida a carteira do idoso.

Para quem tem interesse e está dentro do perfil de famílias deve fazer o cadastramento e mais informações consulte o link http://www.mds.gov.br/falemds/perguntas-frequentes/bolsa-familia/cadastro-unico/gestor/cadunico-cadastro-de-inclusao.

Mais sobre o Bolsa Família


Comentários (3)

 

  1. DANIELLE FARIAS DA COSTAS disse:

    ola tenho 16 anos sou casada gostaria de saber se posso fazer o bolsa familia?
    e continuar no cadrastro de minha Mae ate ser aprovado o bolosa familia?

  2. kathy disse:

    Oi gostaria de,saber se posso fazer o bolsa família recebendo pensão alimentícia de um dos meus filhos.tenho dois um de 1 ano 2meses e uma de sete anos.

  3. Debora santos disse:

    gostaria de saber, estou gestante eu tenho direito a o bolsa família?

Deixe um Comentário