Telefone Popular Baixa Renda

Telefone popular Bolsa Família

A tecnologia está por todos os lugares. O telefone sempre foi um dos acessórios favoritos da humanidade e está em constante evolução. Antes, era  preciso girar as teclas para que se conseguisse fazer a ligação, sem contar que as linhas eram postas à venda e valiam muito, diante da sua raridade.

telefone-popular

Hoje em dia, não há quem não tenha telefone celular e fale com a família, os amigos, colegas de trabalho, enfim, com quem quiser usando aparelhos de telefone cada vez mais modernos.

No entanto, a telefonia fixa se tornou muito mais barata, quando os telefones celulares se tornaram os favoritos das pessoas. Mesmo assim, pode ser bem custoso manter um telefone. Isso porque por mais que você não use, há uma conta mínima de telefone, que geralmente não custa menos de R$ 50,00 nas operadoras de telefonia.

Com isso e ciente da necessidade que a comunicação tem na vida das pessoas, ainda mais nos tempos atuais, o governo federal autorizou um programa que é idealizado pela ANATEL – Agência Nacional de Telefonia, que é o telefone popular baixa renda.

Como funciona o telefone popular baixa renda?

O telefone popular baixa renda funciona da seguinte forma: por apenas R$ 15 reais por mês, você consegue manter a sua assinatura básica e usar quando quiser. Você pode usar até 90 minutos de telefone fixo por mês.

Quem tem direito ao telefone popular?

Ainda que muitas pessoas tenham interesse no programa telefone popular, apenas aquelas que forem cadastradas no CadÚnico do Governo Federal poderão ter telefone popular.

Como comprar telefone popular?

Para adquirir a sua linha de telefone popular baixa renda, você deve entrar em contato com empresas de telefonia fixa, como Oi, Vivo, Sercomtel e outras.

É só entrar em contato com a empresa que oferece os serviços de telefonia na sua região e pedir o telefone popular. Mas para que o pedido do telefone popular baixa renda seja feito com sucesso, você precisará ter em mãos seus documentos pessoais e número do NIS e do CPF daquele que será o titular da linha.

telefone-popular-baixa-renda

Quanto tempo leva para instalar telefone popular baixa renda?

Segundo a ANATEL, o prazo máximo para instalação do telefone popular é de até 7 dias depois que você pedir. Além disso, a operadora pode cobrar uma tarifa única de instalação do telefone popular, no custo perto de R$ 30 a R$ 200.

Outra questão importante é que o seu cadastro do bolsa família deve estar atualizado para que você tenha direito ao benefício.

Posso ligar para celular e fazer interurbano com o telefone popular?

O funcionamento do telefone popular é, a princípio, restrito para números de telefone fixo. Porém, se quiser fazer interurbano ou ligar para celular você precisa comprar créditos para usar nas empresas, lojas ou nas lotéricas da Caixa. A validade dos créditos é de até 6 meses após a compra.

Finalmente, também é preciso expor que o telefone popular baixa renda não permite acúmulo de créditos não usados.

Programa Brasil Sorridente 2018 Inscrições

O que é o Programa Brasil Sorridente?

Todos os anos no Governo brasileiro lança dezenas de novos programas sociais que visam melhorar a vida das pessoas de baixa renda. Um deles é o programa Brasil Sorridente 2018, que está com inscrições abertas. Trata-se de uma política nacional de saúde bucal que está tornando o acesso ao tratamento bucal ainda mais fácil para as pessoas que se encontram em situação de risco.

brasil-sorridente

Atuando em várias frentes, o programa trabalha tanto na prevenção, quanto no tratamento de problemas bucais, através do Sistema Único de Saúde (SUS). As inscrições no Brasil Sorridente 2018 podem ser feitas por todos aqueles que se encontram em condições de necessidade econômica e não podem arcar com os custos de um tratamento particular.

Infelizmente muitas pessoas negligenciam os tratamentos bucais porque realmente são custosos, afinal de contas conseguir consultas já é complicado, especialmente se você for depender do SUS. Agora imagine precisar de dentistas vinculados ao poder público?

No entanto, o governo federal está tentando fazer esse pensamento ser modificado. E isso graças ao programa Brasil sorridente.

Porque ter uma saúde bucal em dia é muito mais do que estética, é saúde. Os dentes têm diversas funções, desde estruturais em nossa boca até para a mastigação, deglutição, fala, dentre outras inúmeras funções. Sabia que as cáries existentes em grandes quantidades na boca de qualquer pessoa podem levar à angina cardíaca (um tipo de infecção), doença essa que pode trazer diversos outros problemas de saúde e até mesmo a morte?

Pois é. E é por isso que foi idealizado o programa Brasil sorridente. Considerado o maior programa de saúde bucal do mundo, a inciativa do Governo Federal está proporcionando maior qualidade de vida para milhares de brasileiros. Muitas pessoas que nunca antes haviam consultado um dentista estão sendo atendidas.

Mas agora você deve estar se perguntando – ainda mais se o programa for uma novidade para você – “como me inscrevo no Brasil Sorridente?”. É bem mais simples como parece. Vamos te ajudar com isso logo abaixo!

Brasil Sorridente 2018 Inscrição

A inscrição no Brasil Sorridente 2018 pela internet é muito simples. Descubra como funciona o procedimento.

programa-brasil-sorridente

Todos os anos o Governo Federal abre prazo para que os municípios façam a inscrição no programa Brasil sorridente para beneficiar toda a sua população que mais precisa.

Dessa forma, o município inscrito passa a receber verbas para utilizar em suas políticas públicas de saúde bucal. Para que a sua região seja uma das beneficiadas é necessário que você cobre dos seus políticos a inscrição no Brasil Sorridente 2018.

Como funciona o programa Brasil sorridente?

Os municípios atendidos pelo programa passam a receber um valor específico para que políticas específicas sejam desenvolvidas. Entre elas está a criação de centros de tratamento, além de capacitação dos profissionais de saúde bucal para lidar com a demanda existente.

Em vários lugares os funcionários públicos vão de casa em casa falando sobre o programa. As inscrições abertas do Brasil Sorridente 2018 devem ser encerradas em breve.

Se você ainda não tem certeza ou quer saber se o programa brasil sorridente é disponibilizado pelo seu município, verifique junto aos órgãos de assistência social da prefeitura, eles poderão lhe informar com muito mais precisão a respeito disso.

Requisitos do Brasil Sorridente 2018

Um dos requisitos para ser atendido pelo programa Brasil Sorridente 2018 é possuir renda familiar por pessoa dentro do estabelecido pelo Governo Federal. Os que forem classificados como de baixa renda terão tratamento prioritário no programa, uma vez que seu objetivo é justamente atender aos que mais necessitam. Várias cidades brasileiras já contam com o programa e várias outras estão se cadastrando.

Se você quer aproveitar todos os benefícios oferecidos, o primeiro passo é efetuar a inscrição, caso o seu município já seja um participante do programa. Caso contrário, o ideal é que você se mobilize socialmente, juntamente com outras pessoas que querem fazer parte do Brasil Sorridente 2018 e cobre um posicionamento dos gestores públicos, como prefeitos, vereadores e governadores.

brasil-sorridente-inscricoes

Inscreva-se no Brasil Sorridente 2018

Agora que você já sabe tudo sobre as inscrições online no Brasil Sorridente 2018, está na hora de fazer uso de todos os benefícios oferecidos pelo programa. Cuide da sua saúde, dos seus dentes e da sua qualidade de vida.

O programa é completo e oferece tudo que você precisa para se sentir mais feliz com o seu corpo, com a sua boca, com os seus dentes. Todos os custos são suportados pelo Governo, uma vez que o programa faz parte do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ficou com dúvidas sobre o Brasil sorridente? Procure a unidade de saúde mais próxima e tire todas as suas dúvidas a respeito do programa Brasil Sorridente.

Projovem 2018 Inscrições

Projovem 2018 Cadastro

O Projovem 2018 é um programado governo federal desenvolvido pelo MEC e seu objetivo é atender as demandas escolares de jovens de baixa renda entre 18 e 29 anos que já saibam ler e escrever, mas que ainda não concluíram o ensino fundamental e ensino médio. O aumento do nível de escolaridade desses jovens é trabalhado através da modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos).

projovem

Os jovens nessa idade que ainda não concluíram os estudos, geralmente já encontram-se desempenhando alguma atividade remunerada e a modalidade do EJA oferece maior flexibilidade referente ao curso, avaliações e tempo necessário para a formação e recebimento do diploma.

Como funciona o Projovem 2018

Muitas escolas da rede municipal e estadual ofertam aulas presencias onde o aluno frequenta as aulas normalmente, porém a certificação ocorre em menor tempo. Outras escolas oferecem a opção do aluno efetuar sua matrícula e na data informada realizar uma prova.

As provas são feitas na própria escola e a nota precisa ser maior que 5 para que o participante seja considerado apto. As provas são realizadas por área de conhecimento e são feitas em dias diferentes. Após concluída uma etapa, deve ser feita nova inscrição e agendada nova prova até que todas as áreas sejam consideradas aprovadas.

O diploma é retirado na unidade escolar onde as provas foram realizadas e garantem a comprovação de conclusão do ensino fundamental e médio. Desta forma o jovem que não teve a oportunidade de concluir seus estudos dentro do período regular pode se beneficiar do processo de formação de forma mais rápida e simplificada.

Projovem e suas várias modalidades

Além do Projovem 2018 existem outras modalidades abarcadas pelo programa:

  • Projovem Adolescente tem como público alvo jovens entre 15 e 17 anos com o intuito de inseri-los e mantê-los na escola. O programa da preferência para adolescentes cujas famílias sejam participantes de programas do governo como Bolsa Família e Bolsa Escola, portadores de necessidades especiais e jovens encaminhados pelo CRAS, CREAS, Ministério Público e Conselho Tutelar.
  • Projovem Campo por sua vez oferece oportunidade de formação escolar para jovens que residem em áreas rurais, atuam como agricultores e tem dificuldade para frequentarem o ambiente escolar de forma regular.
  • Projovem Trabalhador tem como objetivo preparar os jovens para o primeiro emprego ou para reinserção no mercado de trabalho através da oferta de cursos profissionalizantes que garantem certificado e aprendizado para atuarem em diferentes áreas. Essa modalidade ainda oferta bolsa auxilio para custeio de transporte e materiais de estudo.

projovem-inscricoes

Inscrições Projovem 2018

As ofertas das várias modalidades do programa Projovem 2018 dependem exclusivamente de parcerias firmadas e estabelecidas entre os estados, municípios e governo federal. Sem essa iniciativa o programa não opera.

As inscrições para o Projovem 2018 acontecem nas escolas participantes do projeto e devem ser consultadas na secretaria de educação de cada município.

A divulgação das vagas, inscrições e ofertas das demais modalidades ficam sob responsabilidade dos municípios que através de vários canais de comunicação anunciam as informações sobre os programas quando estes são disponibilizados.

Programa Criança Feliz – Inscrições, Valor

Inscrições Programa Criança Feliz

O Programa Criança Feliz atua com foco em grupos familiares que tenham como membros crianças de zero até seis anos de idade e oferece meio que possibilitem seu desenvolvimento saudável e completo.

programa-crianca-feliz

O que é o Programa Criança Feliz?

Através de visitas realizadas para famílias que estão cadastradas em programas do governo como Bolsa Família, os agentes do programa promovem o acompanhamento e orientações que contribuem para o fortalecimento de vínculos ocasionando o estímulo do desenvolvimento das crianças.

Os agentes em campo possuem formação em área da saúde, serviço social, cultura, direitos humanos, educação e esse fator possibilita uma rica experiência para as famílias assistidas beneficiando principalmente as crianças alvo do programa.

Principais objetivos do Programa Criança Feliz

Os principais objetivos do Programa Criança Feliz são:

Tornar acessíveis a participação das famílias a serviços públicos;

  • Estimular e fortalecer vínculos afetivos familiares envolve toda a família nos cuidados para com as crianças;
  • Fomentar e agregar valores que possibilitem o desenvolver saudável e integral das crianças;
  • Atuar como agentes da promoção de cuidados voltados para crianças em situação de vulnerabilidade melhorando as suas possibilidades;
  • Prestar apoio continuado a gestantes e a toda família os tornando conscientes das mudanças ocorridas com o nascimento do bebe;
  • Ensinar e mostrar a importância de brincadeiras e atividades lúdicasno desenvolvimento das crianças.

Todos esses objetivos são trabalhados de forma a favorecer essas famílias e a vida dessas crianças criando um ambiente que proporcione uma melhor qualidade de vida a todos os envolvidos.

Inscrição Programa Criança Feliz

Os principais alvos do programa são:

  • Mulheres grávidas;
  • Famílias que já possuam filhos e que recebam Bolsa Família;
  • Famílias e crianças de até 6 anos de idade que estejam sendo assistidas pela medida de proteção com base na lei 8.609.
  • Favorecidos pelo Benefício de Prestação Continuada;

O Programa Criança Feliz atua pautado no nos três níveis de governo que visam articular, cooperar e integrar setores. Dessa forma ocorre um processo de formulação e revisão de estratégias que visam beneficiar as comunidades através de um processo transparente.

programa-crianca-feliz-valor-inscricoes

Para que tal programa atue e atinja seus objetivos é necessário que os estados e municípios trabalhem juntos em sintonia e cooperação proporcionando que as ações sejam realizadas positivamente.

Todo o trabalho em conjunto e com foco no mesmo resultado colabora para que as famílias recebam orientação sobre como lidar com as crianças respeitando sua individualidade e seus direitos através das visitas e trabalho em campo.

Requisitos Programa Criança Feliz

O requisito necessário para fazer parte do Programa Criança Feliz é possuir cadastro ativo e atualizado no Cad Único, cadastro feito no Cras de cada bairro. O cadastro é muito importante para mulheres gestantes e famílias que já possuam crianças de até 6 anos de idade.

Valor Programa Criança Feliz

Para participarem as famílias não pagarão nenhum valor de inscrição ou taxa e receberão toda atenção e cuidado necessários para que os resultados aconteçam e que principalmente as crianças sejam beneficiadas e tenham uma melhor qualidade de vida.

Seja Digital Kit Gratuito TV Digital – Inscrições

Inscrições Seja Digital

Durante muitos anos o sinal de TV no Brasil foi analógico, através do uso de receptores de antena parabólica. Com o desenvolvimento tecnológico no país, a maioria das cidades estão começando a receber o sinal digital, que não precisa de parabólica. Existe uma instituição que está distribuindo os equipamentos necessários para receber o sinal. Descubra se você pode ter um Kit Gratuito do Seja Digital.

seja-digital

Os brasileiros que estão cadastrados em programas públicos de assistência, como o Bolsa Família e Bolsa Verde, podem retirar de graça o Kit de TV Digital do Seja Digital. Esse órgão está oferecendo todos os equipamentos necessários para que as famílias brasileiras possam assistir TV a partir do novo sinal tecnológico. A TV Digital já é uma realidade em muitas cidades brasileiras.

Por que vai mudar para tv digital?

Atualmente existem no mercado muitos aparelhos de tv digital, que é aquela que recebe imagens via satélite. No entanto, muitas pessoas, por apego, comodismo ou mesmo porque não tem condições financeiras, ainda têm aparelhos de tv analógica.

É comum que a imagem e o desempenho dos aparelhos de tv analógica não sejam bons. Assim, como as emissoras de tv estão se modernizando, todas elas, sem exceção, passarão a ter sinais digitais.

Mas e os aparelhos de tv antigos e analógicos, vão funcionar? Não, eles não vão mais funcionar. Sabe quando aparece aquele monte de listrinhas coloridas na televisão por falta ou manutenção da programação? Isso geralmente acontece durante a madrugada. É assim que a televisão analógica fica com sinal digital.

seja-digital-agendamento

E, claro, considerando que um aparelho com sinal digital pode custar R$ 200 ou mais (podendo variar para mais ou para menos) e que isso pode significar muito dinheiro para muitas famílias, nada amis justo do que oferecer o kit seja digital para quem precisa.

É realmente uma obrigação, pois as pessoas que não têm tv digital não terão escolha. Considerando que televisão é a única diversão de muita gente, tirar isso do povo brasileiro já seria demais, não é mesmo?

Por isso, há essa mobilização em torno do kit seja digital, que é continuar proporcionando televisão (e de qualidade) para as pessoas.

Usando o kit seja digitala sua tevê antiga vai continuar funcionando, mas com um sinal melhor ecom imagem muito mais bonita e nítida.

Como é o kit seja digital?

O Kit Gratuito do Seja Digital consiste em um receptor e antenas próprias para a nova tecnologia disponibilizada no país. Se você não quer ficar sem assistir aos seus programas favoritos, está na hora de se preparar para o sinal digital. Uma das metas do Governo Federal é acabar com o sinal analógico, o que significa que as parabólicas não vão mais funcionar no país.

Como forma de controlar a distribuição do Kit Gratuito de TV do Seja Digital, o órgão está oferecendo apenas uma unidade por família.

Lembre-se de que nem todo mundo pode conseguir esse benefício. Se a sua família está cadastrada em programas públicos de assistência, como Bolsa Família, CadUnico e muitos outros, você pode ser um dos beneficiados pela campanha Seja Digital.

Como retirar kit gratuito seja digital?

Descubra agora mesmo como fazer um agendamento para retirar o Kit Gratuito Seja Digital. O procedimento pode ser realizado através do site da empresa na internet. Você só precisará informar os seus dados pessoais e o número do seu benefício social (do programa do governo do qual você e sua família fazem parte). Feito o agendamento do seja digital, você deverá comparecer até o local indicado para fazer a retirada do kit gratuito de TV Digital.

O Kit Gratuito de TV Digital Seja Digital é de qualidade e vai te proporcionar uma excelente experiência de uso.

seja-digital-inscricoes-cadastro

Uma das grandes vantagens oferecidas pelo sinal digital é a qualidade de imagem e som, muito superior ao que é oferecido pelo sinal analógico. Dessa forma, a expectativa é de que as famílias brasileiras se sintam mais felizes ao assistir seus programas favoritos.

Peça já seu kit grátis seja digital

Não perca mais tempo, faça um agendamento para retirada do Kit de TV Digital do Seja Digital. Lembre-se de que apenas uma unidade pode ser solicitada por família. A retirada é por sua conta e deverá ser feita no local e horário indicado pelo órgão responsável pelo programa Seja Digital.

A instalação é bem simples e você poderá fazer tudo em questão de poucos minutos, sem a necessidade de contratar um técnico.

Acesse o site do Seja Digital TV Digital e faça sua inscrição, preencha os campos solicitados e agende a data de retirada. O sinal de TV analógico já foi cortado em algumas cidades e logo passará a estar indisponível em todo o território nacional. Se você não quer ficar sem TV, é melhor se apressar.

Bolsa Família Gestante – Valor, Inscrições

Inscrição Bolsa Família para Grávida

Vai ter ou já tem um filho pequeno? Já deve ter se perguntado: “grávida tem direito a algum benefício do Governo Federal?”. Sabia que há um benefício do Governo Federal chamado de Bolsa Família Gestante? O Governo Federal, pensando em proteger a saúde e a vida das mães e das gestantes, possibilita o recebimento de dois benefícios do Bolsa Família para essas pessoas: o Variável Nutriz e o Variável Gestante desde o ano de 2011.

O programa também serve como estímulo para que as mães cuidem melhor de si mesmas e dos seus bebês realizando exames preventivos, pré-natais e outros procedimentos ainda durante a gravidez. O Bolsa Família para Grávidas tem estimulado melhor acompanhamento da gravidez pelas mulheres.

bolsa-familia-gestante

Quando é pago e qual o valor do Bolsa Família Gestante

O Bolsa Gestante do Governo Federal será pago antes, durante e depois do nascimento do seu filho, desde os primeiros meses de gravidez até determinado período da amamentação.

O programa tem a finalidade de contribuir com uma melhor alimentação, tanto em relação às mães como para os recém-nascidos. O Bolsa Família Gestante corresponderá a 9 (nove) parcelas de R$ 35,00 para as mães.

Bolsa Família Gestante Inscrições

Para se cadastrar no Bolsa Família Gestante, primeiramente, a mulher deverá comparecer a uma Unidade de Saúde de Atenção Básica (posto de saúde) do município em que morar e começar o acompanhamento com um médico. Lá, a gestante será encaminhada para realizar o famoso e indispensável exame de pré-natal, objetivando cuidar da saúde da mãe e do bebê.

Depois disso, a futura beneficiária do Bolsa Família maternidade deverá procurar serviços de assistência social do município, levando consigo documentos pessoais e declaração de que está fazendo acompanhamento médico pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Com base nisso, os dados serão cadastrados no Sistema do Bolsa Família para o Governo Federal possa começar a pagar o Bolsa Família Gestante.

gestante-bolsa-familia-gravida-tem-direito-valor

Bolsa Família para recém-nascidos

Depois do nascimento do bebê, as mães também terão direito ao Bolsa Família Variável Nutriz e que poderá ser solicitado perante os serviços assistenciais do seu município. Para que isso aconteça você precisará levar a certidão de nascimento do seu filho. O valor do benefício do Bolsa Família é o mesmo pago às mães gestantes, ou seja, R$ 35,00 e será pago até os 6 (seis) meses de vida da criança.

Mas atenção! O Cadastro para Bolsa Família de Grávidas deverá ser feito desde o nascimento até o 6° mês de vida do seu filho. Caso você não cadastre dentro do prazo, não terá mais direito a esse benefício. Desse modo, se terá um filho ou

Posteriormente, a criança será incluída no Cadastro Único para os Programas do Governo Federal – CadÚnico e as mães continuarão recebendo o benefício do Bolsa Maternidade do Governo Federal.

Não se esqueça de que os requisitos para o Bolsa Família Gestante Governo Federal precisam observar as regras gerais para se ter direito ao Bolsa Família comum, ou seja, tratar-se de pessoas em situação de pobreza extrema.

Bolsa Família Lista de Aprovados

Consultar Lista de Aprovados Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de assistência social fomentado pelo Governo Federal. Por meio dele são repassados valores a famílias que vivem em situação de extrema pobreza, visando a melhoria da qualidade de vida dessas pessoas.

lista-de-aprovados-bolsa-familia

Quer saber se está na lista dos beneficiários do Bolsa Família? A lista é de acesso público, logo todas as pessoas podem consultá-la pela internet. Nela estará toda a relação de beneficiários do Bolsa Família por município, bem como os valores recebidos por cada um destes.

Aliás, a Lei Federal n° 10.836/2004 exige que seja pública os nomes aprovados dos beneficiáriosdo Bolsa Família Caixa Econômica.

Anualmente o Governo Federal atualiza a lista Bolsa Família, pois algumas pessoas pedem o benefício e outras deixam de recebê-lo, caso descumpram os requisitos do programa ou melhorem a sua situação financeira.

Bolsa Família Lista de aprovados

A lista de beneficiários Bolsa Família é pública porque pretende ser uma forma fácil e descomplicada para que toda a sociedade possa monitorar o pagamento dos benefícios. E, claro, para que os próprios beneficiários saibam se vão continuar recebendo os valores assistenciais do Governo Federal.

É muito importante que a Bolsa Família – Lista de Aprovados seja acessível por todos para evitar os casos de fraude. Qualquer pessoa do povo pode realizar denúncias ligadas ao recebimento de benefícios.

Infelizmente não é incomum ver nos meios de comunicação de massa (como rádio, jornais, televisão e internet) casos de pessoas que não vivem na extrema pobreza, mas que recebem o benefício do Governo Federal. As denúncias são facilitadas justamente por conta dessa “monitorização” da lista de aprovados Bolsa Família, realizada pela sociedade.

Informações Bolsa Família – nomes aprovados

Compete a cada município brasileiro realizar a divulgação da lista de pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família.

Mas não se preocupe, os dados informados pelo Governo Federal na lista Bolsa Família são, em regra, o nome do beneficiário, o Número de Identificação Social (também chamado pela sigla NIS), além do valor do benefício recebido.

A divulgação da lista ocorre mensalmente para a inserção do nome dos novos beneficiários do Programa Bolsa Família do Governo Federal.

bolsa-familia-lista-de-aprovados

Como consultar lista dos beneficiários do Bolsa Família na internet

É bem simples consultar online a lista Bolsa Família. Você pode acessar a Consulta Pública Bolsa Família usando o navegador “Internet Explorer” (é o único em que o site funciona), entre no site dos Benefícios Sociais da Caixa Econômica Federal: www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp.

Acesse: Consulta Pública do Bolsa Família

Depois, você poderá consultar por Estado (ou “UF”), por município ou por família, bem como o mês de pagamento a que se referir a sua consulta. Tenha em mãos o seu Número de Identificação Social (NIS), o nome do responsável familiar e o seu nome completo para conseguir acessar a consulta.

Logo em seguida, você poderá fazer o download da lista completa do Bolsa Família com os nomes dos responsáveis pelas famílias do seu município que foram aprovados para receber o benefício. Como se pode ver, é muito fácil acessar a Bolsa Família Lista de Aprovados.

Bolsa Família Atualizar Cadastro

Atualização de Cadastro Bolsa Família

Este procedimento de atualizar o cadastro no bolsa família, é um procedimento essencial, para quem se beneficia deste programa social, e que pretendem continuar usufruindo deste benefício.

bolsa-familia-atualizar-cadastro

O procedimento de atualizar o cadastro no bolsa família é feito periodicamente, pelo Ministério do Desenvolvimento Social, para constatar, que apenas realmente quem é beneficiário deste programa, está recebendo os recursos ofertados por ele, evitando que aconteça o gasto maior do que o preciso pela união.

 

A cada ano o governo federal, cruza todas as bases de dados do bolsa família e de outros dados do governo, para conseguir constatar, se não ocorre nenhuma discrepância entre esses dados que são apresentados quando cada pessoa, vai realizar o seu cadastramento no bolsa família, esse cruzamento, ocorre para todos os beneficiários, que já estão cadastrados há mais de 2 anos no programa, e esse procedimento é chamado Averiguação cadastral.

E se as informações que forem cruzadas pelo governo, não coincidirem com as citadas em seu cadastro feito no bolsa família, o beneficiário irá ter que automaticamente ir atualizar o cadastro.

Quando atualizar o cadastro do Bolsa Família?

Quando for necessário a atualização de cadastro, a família será informada através de uma carta do Ministério do Desenvolvimento Social, e também do extrato que é emitido pelo beneficiário.

Então, se qualquer um desses dois documentos, vierem com as palavras, Averiguação Cadastral, será necessário atualizar o cadastro no bolsa família.

E para quem é beneficiário de outro programa social, mesmo que não seja o do bolsa família, também será necessário atualizar seu cadastro, no sistema, para garantir que o recebimento do benefício possa continuar normalmente.

Como Atualizar o Cadastro do Bolsa Família

Para atualizar o cadastro no bolsa família, é preciso ir ao órgão responsável pelo cadastro das famílias de cada município, e os documento que precisam ser levados, são os mesmos solicitados quando ocorreu o primeiro cadastramento no programa. Em alguns casos, pode ser que o assistente, solicite mais documentos, para ocorrer a comprovação da renda do beneficiário, neste tipo de caso, se torna obrigatório a apresentação desses documento, para que ocorra a garantia do recebimento das próximas parcelas do programa bolsa família.

bolsa-familia-atualizacao-cadastral

Se você não atualizar o cadastro no bolsa família, quando ele é requerido, o que acontece posteriormente, é o bloqueio do seu benefício, e não se pode pagar as próximas parcelas, até que ocorra a regularização dos débitos que se encontram em atraso.

Documento para atualizar o cadastro no bolsa família

Quando ocorrer o comparecimento ao órgão responsável do programa no município, é necessário a apresentação dos mesmos documentos, que foram levados quando ocorreu o primeiro cadastramento no programa, como foi citado acima, que são eles:

-CPF ou também pode ser o título de eleitor do membro da família no qual está cadastrado o benefício do bolsa família.

-Cartão do bolsa família.

-Para todos os membros que estão cadastrados é preciso levar algum documento para identificação.

-Comprovante de residência.

-Comprovante de matrícula das crianças cadastradas.

-Um número de telefone com a finalidade de que os assistentes possam ligar para você.

Receber Bolsa Família Antecipado

Antecipação do Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de assistência social que pretende repassar quatro tipos diferentes de ajuda financeira para famílias brasileiras de baixa renda ou em situação de extrema pobreza, para que elas possam ter condições de vida melhores.

bolsa-familia-antecipado

Os valores do Bolsa Família variam de R$ 18,00 a R$ 58,00 e os benefícios são cumuláveis entre si, ou seja, muitas famílias poderão receber mais de um dos 4 benefícios caso preencham os requisitos para a obtenção de cada um deles.

Serão beneficiadas famílias que: estejam em situação de extrema pobreza ou que tenham crianças e adolescentes de 0 (zero) a 15 (quinze) anos de idade e/ou renda per capita mensal de até R$ 70,00; tenham gestantes, nutrizes, crianças entre 0 (zero) e 12 (doze) anos ou adolescentes até 15 (quinze) anos ou que tenham adolescentes com idade entre 16 (dezesseis) e 17 (dezessete) anos.

Embora haja prazos já definidos pelo Governo Federal para que as famílias beneficiárias recebam os valores, muitas pessoas têm dúvida se é possível sacar o Bolsa Família antecipado.

Como sacar Bolsa Família antecipado

Sobre o questionamento de como tirar Bolsa Família antes, a resposta é: sim, é possível! Entretanto, existem algumas condições que devem ocorrer para que se possa retirar o Bolsa Família antes para ser usado por famílias carentes ou em extrema situação de pobreza.

A Lei do Bolsa Família (Lei n° 10.836/2004) dispõe que os valores e os prazos estipulados para o pagamento do benefício podem ser alterados nos casos de calamidade pública ou de situação de emergência (como em desastres que causam danos sérios) e que sejam reconhecidos pelo Governo Federal.

É possível sacar o Bolsa Família antes data, por exemplo, se infelizmente acontecer uma chuva que deixe muitas pessoas desabrigadas de suas casas. Nesses casos, não é raro ver notícias em jornais, revistas e internet que avisem os beneficiários de determinado Estado onde aconteceu algum problema para que eles possam receber antecipado o Bolsa Família.

antecipacao-bolsa-familia

Prazo para sacar Bolsa Família

Caso tenha ocorrido algum problema na região em que você mora, verifique através da internet a respeito da liberação do Bolsa Família antes do prazo.

Não se esqueça de que o benefício fica disponível para saque por você por até 90 (noventa) dias, ou seja, de 3 (três) meses após a data em que ele foi liberado pelo Governo Federal. Caso você não retire o dinheiro antecipado do Bolsa Família, ele será bloqueado.

Para ter acesso ao benefício novamente você terá que justificar a razão pela qual deixou de usufruir do valor. Se não for a primeira vez que o seu benefício foi bloqueado, você correrá o risco de que ele seja suspenso por prazo indeterminado.

Consulta Bolsa Família liberado

Desse modo, fique sempre atento à ocorrência das causas que permitem sacar o Bolsa Família antes do prazo. Caso você tenha mais alguma dúvida entre no site da Caixa Econômica Federal e confira agora mesmo para saber se o benefício Bolsa Família antecipado já foi liberado para sacar: www.beneficiossociais.caixa.gov.br