Programas do Governo – Cadastro

Cadastro nos Programas do Governo

Nos últimos anos observamos um maior número de programas do governo principalmente os sociais que beneficiam o cidadão e as famílias de baixa renda. Entre tantos programas, muitos exigem que a família ou cidadão faça um cadastro no mesmo. Se você já faz parte do Bolsa Família que é o maior programa social do governo de toda a história do país, confira outros programas que você também pode se inscrever.

programas-do-governo

Um exemplo de programa do governo é o Brasil Carinhoso que é um dos recentes programas do governo federal que tem como objetivo principal beneficiar as famílias que tenham crianças de até 6 anos. Este programa integra o programa Bolsa Família outro programa de governo que é o mais conhecido. O Brasil Carinhoso assim como a Bolsa Família busca atender a família que esteja em extrema pobreza cuja renda mensal é inferior a R$ 70. Saiba como fazer a inscrição no Programa Brasil Carinhoso, assim como detalhes do programa Brasil Carinhoso. O projeto deste programa visa ampliar o número de creches, melhorar os serviços de saúde, especialmente os infantis, assim como a distribuição de suplementos como Vitamina A, Ferro e remédios contra a Asma.

Quanto à inscrição no Brasil Carinhoso esta é feita integrando as famílias que já fazem parte do Bolsa Família (ver em http://www.mds.gov.br/bolsafamilia). As famílias que já tem cadastro no Bolsa Família, o cadastro no Brasil Carinhoso é bem mais fácil. Através deste programa Brasil Carinhoso quem se beneficia são as famílias de extrema pobreza que tenham como membro de sua família crianças de até 6 anos de idade. Este programa tem ações integradas quanto aos aspectos do desenvolvimento infantil ligado à renda, educação e saúde. O governo federal oferece recursos às prefeituras para melhorar os aspectos de acesso à saúde, creches, remédios para estas crianças e a prevenção de males comuns entre crianças nesta situação com a reposição de vitaminas como vitamina A e sulfato Ferroso e os remédios para asma.

Mas, existe ainda um cadastro único para os programas sociais do governo federal que é um instrumento importante de coleta para que o governo federal possa ter dados para identificar estas famílias de extrema pobreza que existem no Brasil e possa melhor atende-las. Para se inscrever neste Cadastro único a família (o seu representante) deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou a prefeitura de sue município e o endereço mais próximo dos CRAS ou das prefeituras podem ser acessados no link http://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/FerramentasSAGI/Mops/ basta clicar no estado que deseja pesquisar o endereço e este mostrará os endereços dos centros de referência e veja o que é mais próximo.

Bolsa Verde – Governo Dilma

Bolsa Verde Inscrição

Já foi publicado no Diário Oficial, no dia 17 de Outubro do ano passado. A presidenta Dilma sancionou a nova lei para o seu programa de conservação do meio ambiente, o Programa de Apoio à Conservação Ambiental, a lei da Bolsa Verde e o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. Desde o final do ano passado o programa vem beneficiando quase 20 mil famílias pobres e a mete é que ultrapassem as 70 mil famílias até o ano da Copa do Mundo de 2014. O objetivo do Bolsa Verde é aliar o aumento de renda, a melhoria de vida e a preservação do meio ambiente. Confira quem pode participar do Bolsa Verde.

bolsa-verde
Como todos os programas criados pela Presidenta Dilma para erradicação da extrema pobreza, o programa ajuda todas as famílias que tenha renda mensal inferior a R$70 por pessoa e a recebe quem já está inscrito em qualquer outro programa do governo, como o Bolsa Família. Uma excelente ideia é fazer o CadÚnico, o cadastro único de programas sociais do governo federal. Para receber a bolsa verde, o beneficiado deve estar envolvido em alguma atividade para conservação do meio ambiente, como nas florestas, reservas de extração e programas de desenvolvimento sustentável de seus respectivos estados. Os projetos de assentamento florestal, extração de agroindústria e projetos do Incra também está incluídos.

Também serão beneficiados pelo Projeto Bolsa Verde do Governo Federal os ribeirinhos, extrativistas, indígenas, quilombolas e demais comunidades rurais semelhantes. A presidenta afirma que se essas pessoas tiverem esse aumento na sua renda, irão se sentir ainda mais atraídas a ideia de preservar o seu meio ambiente. A lei ainda abriu espaço para que a união disponibilizasse de serviços de assistência técnica às famílias que receberem o benefício. Os recursos poderão ser transferidos por até dois anos e pode ter seu período prorrogado. O próprio ministério do meio ambiente, em parceria com a caixa econômica federal ficará responsável por entregar aos beneficiários o valor de R$2.400, divididos em, pelo menos, 3 parcelas e no máximo 24 parcelas.

Conta Caixa Fácil Bolsa Família – Saldo, Consulta

Bolsa Família Conta Caixa Fácil

Você é beneficiário do
Bolsa Família? Quer receber o benefício direto em conta? Pode fazer isso fazendo uma conta na Caixa Econômica Federal que é a instituição bancária que administra o benefício do Bolsa Família. Conheça a seguir o cartão conta Caixa Fácil Bolsa Família.

conta-caixa-facil-bolsa-familia

No caso, a Caixa Econômica Federal disponibiliza a opção de conta corrente chamada de
Conta Caixa Fácil que é ideal para quem movimenta até R$ 2 mil e possibilita o acesso a serviços bancários básicos tudo sem cobrança de tarifas.

Vamos conhecer mais sobre esta modalidade da Conta Caixa Fácil que é destinada a todos os Brasileiros e que é prático inclusive para a abertura da conta com apenas apresentação de RG e CPF e sem precisar comprovar renda. Esta conta tem um limite de saldo de até R$ 2 mil por mês e outras comodidades de um correntista como depósitos em dinheiro em agencias da Caixa e nos postos Caixa Aqui; depósitos em cheque efetuados somente em agências da Caixa; não há cobrança de tarifas de manutenção e demais tarifas desde que haja consulta de extrato e sacar apenas quatro vezes por mês, a quinta transação será cobrada tarifa conforme tabela de tarifas vigentes. Mas, para esta conta não há cobrança de taxa de manutenção de conta, depósito e consulta de saldo. Há algumas restrições para quem pretende abrir este tipo de conta da Caixa como só podem ser titulares da conta Caixa Fácil os residentes no Brasil, pessoa física e maiores de 16 anos; você que quer esta conta da Caixa não pode ser titular em outra conta seja nesta instituição como em outra instituição. Para quem quer saber mais sobre o Conta Fácil consulte a Central de Atendimento ao Cliente pelo Telefone 0800-726-0101.

Agora quanto ao Programa Bolsa Família este foi criado para apoiar as famílias mais pobres e garantir que estas tenham direito à alimentação e acesso à educação e à saúde. Este programa criado pelo governo federal ajuda as famílias em condição de extrema pobreza e visa à inclusão social destes por meio de transferência de renda e acesso a serviços essenciais como o de saúde e educação. Aproximadamente 13 milhões de famílias são beneficiárias deste programa.

Confira também: Consultar Saldo Cartão Bolsa Família

Para receber o benefício, o usuário do programa pode receber através de um cartão magnético oferecido pela Caixa, assim como também pode ter sua conta Fácil da Caixa Bolsa Família a e poder receber o benefício e depositar em conta. Para consultar o saldo da Conta Caixa Bolsa Família e obter maiores informações procure uma agência Caixa mais próxima.

Bolsa Família Reclamações

Reclamações do Bolsa Família

O governo brasileiro é conhecido por ser assistencialista e um dos famosos programas assistenciais atualmente é a
Bolsa Família que visa dar assistência às famílias em condições de extrema pobreza a receberem beneficio financeiro e ter acesso a serviços básicos de saúde e educação, veja a seguir algumas das reclamações do Bolsa Família.          
bolsa-familia-reclamacoes

Apesar da boa intenção do programa tem usuários do benefício que fazem sua reclamação, como foi registrado através do site
Reclame aqui o caso de um beneficiário que tem três filhos na bolsa família e que ele só está recebendo o benefício de um filho e foi informado a ele que foi um problema em Brasília e ela pedem providencias urgentes quanto a isso. Outra reclamação é de um beneficiário que comunicou também no mesmo site que ele não consegue o benefício e ate informa que na sua cidade muito beneficiário tem inclusive comercio, casa e veículo e recebe benefícios. Ele ainda dá denuncias de que pessoas que nem filho tem recebem o benefício. Para ver estas reclamações ao Bolsa Família, acesse os links www.reclameaqui.com.br/6874665/governo-federal/bolsa-familia/ e www.reclameaqui.com.br/4879176/governo-federal/bolsa-familia/.

Existem ainda outros canais que podem ser feitas reclamações que é a ouvidoria do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e que também é um canal de reclamações, elogios, críticas ou denúncias.

Confira também: Fazer Denúncia Bolsa Família (Em caso de uso indevido e fraudes do Bolsa Família)

O programa Bolsa Família foi criado no Governo Lula mais especificamente para 2003 e veio para unificar outra iniciativa ainda do governo de Fernando Henrique Cardoso o Fome Zero. Na época do governo FHC havia outras iniciativas sociais como Auxílio Gás e o Bolsa Escola que depois foi unificado e transformado em o Bolsa Família que é chamado de mecanismo condicional de transferência de recursos. Este é uma ajuda financeira às famílias pobres que são aquelas com renda per capita de 70 e até R$ 140; também são beneficiárias aquelas famílias de extrema pobreza como aquelas com renda per capita menor de R$ 70. Entre as obrigações destas famílias que devem ao programa Bolsa Família é manter seus filhos e/ou dependentes com frequência escolar e com as vacinas em dia. O intuito do programa pretende reduzir a pobreza em curto prazo e em longo prazo através da transferência condicionada de capital, mas tem ainda muitas criticas quanto a isso, ser um meio fácil destas famílias ganharem dinheiro, ao invés de darem condições de emprego e educação para esta população. Além disso, é um programa que apresenta falhas, como se pode perceber pelas reclamações. Por isso, pondere sobre estas iniciativas governamentais.

Cadastro Único Inscrição – Como se cadastrar

Cadastro Único Bolsa Família

Sabe o que é o
Cadastro Único? Este é um banco de dados criados pelo governo federal que é usado para saber mais e melhor como vivem as famílias brasileiras mais pobres. Por meio deste cadastro que o governo consegue entender quais são as principais dificuldades que estas famílias enfrentam, veja como se cadastrar no cadastro único.
cadastro-unico

Por meio deste cadastro único o governo pode tomar decisões como melhorar a vida desta população e ajudar a melhorar suas vidas. Neste cadastro é possível ter acesso a renda, tipo de moradia, escolaridade, idade, entre outros dados desta população.  No caso das famílias já cadastradas, estas precisam refazer seu cadastro a cada dois anos.

O cadastramento no Cadastro Único é feito pela gestão do Cadastro Único designado pelo Gestor Municipal e quem quer se cadastrar precisa procurar este órgão em sua cidade na prefeitura. O cadastro é feito pelo representante ou responsável pela Unidade familiar e este deve prestar todas as informações sobre a família. Este responsável pode ser qualquer membro que seja maior de 16 anos que tenha título de eleitor e CPF e recomenda-se que esta posição seja ocupada preferencialmente por uma mulher.

Este cadastro pode ainda ser feito por uma família indígena, e no caso do representante indígena que não tem documentação necessária pode ser cadastrado com outros documentos como o do bloco 5 do formulário de cadastramento no caso um exemplo é o RANI para os indígenas.

O responsável pela família ficará encarregado do recebimento do benefício e o cumprimento das condicionalidades deste benefício para toda a família.

Existem fases do processo de cadastramento que incluem: identificação do público a ser cadastrado, coleta de dados (entrevista), inclusão de dados no sistema de cadastramento; atualização o revalidação de dados cadastrais.

Os critérios que incluem as famílias são: renda mensal familiar per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo; renda familiar per capita de até três salários mínimos. Já as famílias com renda per capita superior a três salários mínimos podem ser incluídas no cadastro desde que sua inclusão esteja vinculada à seleção, acompanhamento de programas sociais, no caso, os programas de habitação de saneamento que utilizem o registro único. Para receber o Bolsa Família também é necessário o cadastro.

Uma curiosidade sobre o CadÚnico é que este cadastramento deve ser feito pelos idosos maiores de 60 anos ou mais com renda individual mensal igual ou superior a 2 salários mínimos sem meios de comprovação da renda para que seja emitida a carteira do idoso.

Para quem tem interesse e está dentro do perfil de famílias deve fazer o cadastramento e mais informações consulte o link http://www.mds.gov.br/falemds/perguntas-frequentes/bolsa-familia/cadastro-unico/gestor/cadunico-cadastro-de-inclusao.

SISVAN Bolsa Família

Bolsa Família SISVAN

Conhece o SISVAN? Este é o Sistema de Vigilância Alimentar Nutricional que faz parte da política nacional de alimentação e nutrição do governo federal e que dentro deste sistema faz parte de uma das linhas de atuação o programa de alimentação Saudável (PSA) e que tem o objetivo de apoiar os estados e Municípios brasileiros no desenvolvimento de ações de abordagem para a promoção da saúde e a prevenção relacionada à alimentação e nutrição. Este programa que faz parte deste sistema tem como mais conhecida e importante política implantada em todo o Brasil é o Bolsa Família.

sisvan-bolsa-familia

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda da história do Brasil e que foi criado para combater a fome e a miséria no país, promover a emancipação das famílias que estão em situação de pobreza no país. Para quem precisa quer saber como funciona este programa?  Este programa é destinado apenas à família em situação de pobreza ou extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 140 mensais que cujo benefício financeiro e destinado a ter acesso aos direitos sociais básicos de alimentação, educação e assistência social.

O programa Bolsa Família foi criado em 2004, regulamentado pelo Decreto n°5.209 de 17 de setembro de 2004 e demais normas que estabelecem as atribuições, normas para a oferta e o monitoramento de ações de saúde, ou seja, as famílias de extrema pobreza com um ou mais filhos, só tem acesso aos benefícios de maneira regular se os filhos tiverem com as vacinações em dia (no caso de crianças de até cinco anos de idade) e o programa ainda prevê que seja realizado o credenciamento de gestantes e, desta forma se amplie a atuação do SUS (Sistema Único de Saúde) junto a estas gestantes, dano a possibilidade destas terem acesso ao pré-natal.

Confira também: Como funciona o Bolsa Família

Quanto ao SISVAN este faz uma avaliação contínua do perfil alimentar e nutricional da população e seus fatores determinantes questão avaliada desta população participante do programa. Esta avaliação é feita quando do uso dos serviços de saúde é feita avaliação de consumo alimentar e antropometria de indivíduos de todas as fases da vida (crianças, adultos, idosos, gestantes e adolescentes). Estas informações alimentares podem ser consultadas de outras fontes como pesquisas, inquéritos e outro Sistema de Informações em Saúde (SIS) que estão disponíveis no SUS. Quando aos indicadores relacionados à alimentação e nutrição trazem dados como dados de morbidade, condições de vida, fatores ambientais, acesso a serviços entre outras informações.

Por isso se tem curiosidade em conhecer mais sobre o bolsa família e ainda mais no trabalho de atuação do SISVAN acesse o link http://dab.saude.gov.br/portaldab/ape_vigilancia_alimentar.php?conteudo=indicadores.

Bolsa Família Dias de Pagamento

Dias de Pagamento do Bolsa Família

O programa Bolsa Família vem beneficiando varias famílias brasileiras e quem recebe esse beneficio sabe a importância do mesmo, e por isso que cada ano que passa mais e mais famílias se cadastram para poderem receber, e como nós sabemos o valor do Bolsa Família é calculado com base na quantidade de dependentes que a família possui, por isso que o valor não é algo fixo e nem único. Confira aqui quais são os dias de pagamento do Bolsa Família e o que você precisa fazer para receber o seu benefício.

bolsa-familia-dias-de-pagamento

Todos os meses o beneficio Bolsa Família cai na conta da família que ela cadastrou durante o preenchimento dos dados, por isso que sempre ressaltamos a importância dos preenchimentos corretamente, porque se não o beneficio não chega certinho. E esse benefício e muito importante e faz diferença. E todo mês ele tem data certa para cair na conta, mas nem todas as famílias estão por dentro das datas de pagamento do Bolsa Família.

Para facilitar a vida de muitas pessoas que vão aos bancos a toa, a Caixa acabou lançando o calendário com datas pagamento do Bolsa Família, esse calendário é muito importante porque com base nele as famílias sabem quando o beneficio via ser pago, e evita ir aos bancos sem necessidade. O calendário do Bolsa Família muda todos os anos, e é sempre bom acompanhar, e no próprio site da Caixa você pode acompanhar essas informações para você.

As datas de pagamento do programa Bolsa Família depende da terminação do cartão, mas tudo isso tem disponível no site da Caixa para você estar consultando. Eles dividiram as datas conforme os meses do ano e conforme a terminação do numero do cartão de cada família, por isso que você tem que saber qual é o seu para poder consultar direitinho a data.

Entre no site da Caixa para saber mais informações sobre Bolsa Família Dias de Pagamento, veja quais serão as datas definidas para o seu cartão, e aproveite para já deixar ai anotado para você não perder. Segue o site para consultar as datas do pagamento de acordo com o número final de seu cartão: www.caixa.gov.br/Voce/Social/Transferencia/bolsa_familia/calen_pag.asp.

bolsa-familia-data-de-pagamento

Valor do Bolsa Família

Como é feito o cálculo do valor a ser repassado para a família? O básico é concedido R$ 77 mensais; já o valor variável pode ser de R$ 35 para famílias extremamente pobres com crianças e adolescentes entre 0 e 15 anos, gestantes, ou aquelas que estão amamentando e podem neste caso receber até 5 benefícios, ou seja, um total de R$ 160. Já as famílias que tenham adolescentes entre 16 e 17 anos, o valor do benefício é de R$ 42, exigindo que estes estejam devidamente matriculados na escola. Neste último caso, a família pode acumular até 2 benefícios, ou seja, até R$ 84. E em situações de extrema pobreza os valores dos benefícios podem chegar até a R$ 306. Para saber melhor quais são os valores exatos, acesse a seguinte página: Valor do Bolsa Família

Bolsa Família Bloqueado

Bolsa Família Pagamento Bloqueado

Veja o que fazer quando seu benefício do Bolsa Família é bloqueado e saiba quais são os principais motivos do bloqueio do benefício do Programa Bolsa Família.

bolsa-familia-bloqueado

O Bolsa Família é um benefício oferecido pelo governo brasileiro que tem por finalidade ajudar financeiramente famílias que tem baixa renda e que necessitam de dinheiro para conseguir manter os custos dentro de sua residência. Além disso, o Bolsa Família tem por finalidade evitar que os pais coloquem os filhos para trabalhar e consequentemente retirando o mesmo da escola, até mesmo porque só podem usufruir do benefício, a família que tem filho estudando na rede pública, caso contrário o benefício é cancelado.

Bolsa Família Bloqueado – Porque?

Durante os últimos meses o governo vem fazendo o bloqueio de alguns benefícios do Bolsa Família, esses bloqueios aconteceram porque muitas pessoas que estavam usufruindo do benefício não estavam aptas a receber, consequentemente estavam tirando a chance de uma família que realmente necessitava do benefício. Porém, alguns bloqueios que aconteceram, foram com famílias que estavam aptas a receber e que também necessitavam do benefício para pagar suas contas, essas pessoas acabaram tendo uma surpresa ao tentar efetuar o saque de seu benefício.

No total foram mais de 400 mil benefícios bloqueados, segundo o governo os cadastros bloqueados passaram por uma avaliação e foi encontrado algumas irregularidades, justamente por isso o benefício desses cadastros foram temporariamente bloqueados. Na maioria dos casos o cadastro junto ao Bolsa Família foi bloqueado por causa de alguns problemas em relação a atualização de dados de seus filhos, os mesmos conseguiram passar de série, porém os país não efetuaram a atualização dessas informações e quando o cadastro por uma avaliação é visto que os alunos estão em série diferentes do que está informado.

O que fazer se o cartão do Bolsa Família for Bloqueado?

Primeiramente é necessário aguardar, a instituição governamental irá mandar uma carta informado a paralisação do benefício, nessa carta também terá o porquê do benefício ser bloqueado. Na carta também terá uma informação passo a passo para que você consiga regularizar a situação, por isso os interessados devem seguir corretamente todos os passos informados na carta, caso contrário não conseguiram desbloquear seu cadastro.

O que é a Bolsa Família e Como Funciona

Como Funciona o Bolsa Família

O programa Bolsa Família, criado pelo governo do presidente Lula (Luiz Inácio Lula da Silva), é um programa que oferece renda a famílias com salários abaixo de R$ 140 por indivíduo. Para tais poderem participar do programa Bolsa Família, necessitam cumprir algumas normas, como manter crianças com até menos de 15 anos matriculados na escola com índice de faltas baixo (no máximo 15%). Confira a seguir mais informações sobre esse programa que beneficia milhares de famílias de todo o Brasil e veja melhor o que é o Bolsa Família para você que pretende participar do programa.

bolsa-familia-como-funciona

Atualmente mais de 12 milhões de famílias estão cadastradas no programa Bolsa Família em todos os cantos do Brasil. Aqueles que desejam participar desse programa precisam ter suas famílias registradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CADÚNICO). Também é importante ressaltar que é preciso apresentar um documento de identificação de cada um da família e CPF ou título de eleitor do representante.

Com informações obtidas pelo CADÚNICO como características da casa, endereço, despesas e entre outros, o ministério do desenvolvimento social essas famílias podem ser ajudadas.

Bolsa Família O que é?

O programa Bolsa Família é destinado especificamente às famílias com renda muito baixa. O valor do auxílio fornecido pelo programa varia entre R$ 22 a até mais de R$200. Isso varia devido à quantidade de crianças e adolescentes da família. Esse valor é pago com o cartão do cidadão ou em uma conta na Caixa Econômica Federal (CEF).

A renda de cada família é calculada dessa forma: Soma-se o valor de todas as rendas obtidas por cada membro da família e é dividido pela quantidade de pessoas da família, o resultado é a renda mensal obtida por cada pessoa.

Algumas exigências pelo governo para que não ocorram efeitos, que podem ser advertências ou até mesmo cancelamento, são:

– Manter as vacinações sempre em dia.

– Ter 85% de frequência nas escolas crianças de até 15 anos, e 75% para adolescentes com até 17 anos.

– Manter crianças menores de sete anos com acompanhamento do crescimento e desenvolvimento.

– As grávidas devem fazer o pré-natal e ter acompanhamento de mães de 14 a 44 anos que já amamentam.