Bolsa Verde – Governo Dilma

Bolsa Verde Inscrição

Já foi publicado no Diário Oficial, no dia 17 de Outubro do ano passado. A presidenta Dilma sancionou a nova lei para o seu programa de conservação do meio ambiente, o Programa de Apoio à Conservação Ambiental, a lei da Bolsa Verde e o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. Desde o final do ano passado o programa vem beneficiando quase 20 mil famílias pobres e a mete é que ultrapassem as 70 mil famílias até o ano da Copa do Mundo de 2014. O objetivo do Bolsa Verde é aliar o aumento de renda, a melhoria de vida e a preservação do meio ambiente. Confira quem pode participar do Bolsa Verde.

bolsa-verde
Como todos os programas criados pela Presidenta Dilma para erradicação da extrema pobreza, o programa ajuda todas as famílias que tenha renda mensal inferior a R$70 por pessoa e a recebe quem já está inscrito em qualquer outro programa do governo, como o Bolsa Família. Uma excelente ideia é fazer o CadÚnico, o cadastro único de programas sociais do governo federal. Para receber a bolsa verde, o beneficiado deve estar envolvido em alguma atividade para conservação do meio ambiente, como nas florestas, reservas de extração e programas de desenvolvimento sustentável de seus respectivos estados. Os projetos de assentamento florestal, extração de agroindústria e projetos do Incra também está incluídos.

Também serão beneficiados pelo Projeto Bolsa Verde do Governo Federal os ribeirinhos, extrativistas, indígenas, quilombolas e demais comunidades rurais semelhantes. A presidenta afirma que se essas pessoas tiverem esse aumento na sua renda, irão se sentir ainda mais atraídas a ideia de preservar o seu meio ambiente. A lei ainda abriu espaço para que a união disponibilizasse de serviços de assistência técnica às famílias que receberem o benefício. Os recursos poderão ser transferidos por até dois anos e pode ter seu período prorrogado. O próprio ministério do meio ambiente, em parceria com a caixa econômica federal ficará responsável por entregar aos beneficiários o valor de R$2.400, divididos em, pelo menos, 3 parcelas e no máximo 24 parcelas.